Quem somos

O Observatório do Terceiro Setor é uma agência brasileira de conteúdo multimídia com foco nas temáticas sociais, no que o mundo precisa com urgência. Reúne plataformas de TV, de rádio e digitais para divulgar as boas práticas das organizações da sociedade civil.

É o único veículo de comunicação dedicado a dar visibilidade aos trabalhos com impacto social. A sociedade civil hoje agrega mais de 820,1 mil entidades no Brasil e o objetivo do Observatório é disseminar conhecimentos, estimular o debate e aproximar as organizações para trocarem experiências, partilharem dificuldades e conquistas, e evoluírem em suas metas.

Tem como missão editorial dar voz aos assuntos do universo social – seja nas áreas da educação, saúde, direitos humanos, cultura, meio-ambiente, entre outras – que estão fora da pauta da imprensa tradicional. Mostrar os problemas, desafios, lacunas e soluções que podem ser replicadas e ganhar escala.

Alinhado à agenda da sociedade civil, colabora para um país mais justo, solidário e sustentável. Informando. Prestando serviços. Criando campanhas. Auxiliando na elaboração de propostas para ampliar o poder de transformação e intervenção dos cidadãos. Realizando parcerias para gerar ações positivas, como a selada com a Recicladora Urbana, que recolhe lixo eletrônico e transforma em computadores vendidos para ONGs a preços acessíveis.

ACERVO E ALCANCE

Em atividade desde 2012, o Observatório do Terceiro Setor conta com acervo de mais de 25 mil minutos de gravações e entrevistas com 400 personagens que fazem a diferença no Terceiro Setor. Semanalmente, mais de 1,2 milhão de pessoas têm acesso aos seus variados produtos de mídia.

PLATAFORMAS

TV

TV Aberta de São Paulo, canais 9 da NET, 8 da Vivo Fibra e 186 da Vivo, às quartas-feiras, à meia-noite, com meia hora de duração.

O jornalista Joel Scala entrevista um especialista, empreendedor, liderança ou personalidade sobre temas da agenda social e trabalhos realizados na área.

Em breve, o programa terá seu conteúdo ampliado e será gravado também nos estúdios da CIVI-CO, espaço de co-working, na cidade de São Paulo, que reúne mais de quarenta startups sociais e conecta empreendedores a empresas, investidores e ONGs.

Rádio

Rádio Trianon AM 740, ao vivo, às terças e quintas-feiras, das 14h às 15h, com transmissão no site da Trianon.

Os programas são apresentados pelo jornalista Joel Scala, que entrevista profissionais, personalidades e especialistas de diversas áreas. Há debates sobre temas atuais e de interesse social com a participação do ouvinte.

Rádio USP 93,7 FM, em São Paulo, e 107,9 FM, em Ribeirão Preto, às quartas-feiras, às 17h, com transmissão pelo site http://jornal.usp.br/RADIO.

O Olhar da Cidadania, apresentado pelo jornalista Joel Scala, debate Direitos Humanos com especialistas e professores das mais diversas áreas do conhecimento.


Portal

O portal divulga notícias atualizadas, nacionais e internacionais, agenda de eventos e todos os programas de rádio e TV na íntegra. Também publica conteúdo dos parceiros Rádio ONU e jornal Le Monde Diplomatique Brasil.

Central de Editais: Em parceria com a Prosas – plataforma de seleção e monitoramento de projetos sociais, e de conexão entre patrocinadores e realizadores -, mantém uma Central de Editais atualizada diariamente. Na página, é possível consultar mais de 200 editais nacionais e internacionais para financiamento de projetos em diferentes áreas.

Colunas: Profissionais especializados em cidadania, justiça, direitos humanos, direito da mulher, democracia, sustentabilidade, investimento social, tecnologia e inovação, comunicação e marketing, contemporaneidades e ação social publicam artigos em suas colunas no portal do Observatório.

Redes Sociais

O Observatório está presente no Facebook, no Instagram, no YouTube e no LinkedIn e alcança mais de 400 mil pessoas por semana.

NOVAS ESTRATÉGIAS

Capacitar Para Transformar

Em 2018, o Observatório do Terceiro Setor contará com dois novos núcleos. O primeiro deles é o de organização de eventos para discussão da realidade das ONGs e qualificação de seu trabalho. Ele reunirá parceiros de excelência para a realização de seminários, cursos, palestras e workshops sobre captação, gestão de recursos e administração de projetos, entre outros temas.

Uma pauta de destaque dos eventos será o incentivo ao negócio social com retorno financeiro, como resposta para a crise econômica e alternativa promissora às ONGs. Conhecido como setor “dois e meio”, ele agrega as empresas que investem no Terceiro Setor como “business”, transformando, por exemplo, a resolução de problemas e o atendimento às carências da população em atividades lucrativas.

Grupo de excelência

Integrado por profissionais e expertises de diferentes áreas (comunicação, educação, legislação, projetos sociais), este núcleo tem por objetivo debater novos meios de contemplar a massa de informações do Terceiro Setor e propor ações criativas, eficazes e de impacto, em sintonia com a missão do Observatório.

Para saber mais sobre o nosso trabalho, enviar sugestões e comentários, registre-se na página observatorio3setor.com.br/registro.