Menino abandonado na Nigéria se recupera e vai para a escola

Há um ano, o pequeno Hope vagava sozinho pelas ruas de uma vila na Nigéria. Com apenas 2 anos, ele foi acusado de bruxaria pela própria família e abandonado nas ruas para morrer. Hope ficou nas ruas durante oito meses. Então, a dinamarquesa Anja Ringgren Lovén encontrou o garoto, em 30 de janeiro de 2016, e o acolheu.

Ao lado do marido, David, Anja mantém há três anos a African Children’s Aid Education and Development Foundation, uma instituição que abriga 34 crianças, todas abandonadas após serem acusadas de bruxaria.

Hoje, um ano depois, Hope já está completamente recuperado da desnutrição e adaptado à vida ao lado de outras crianças. E Anja recriou a foto tirada no dia em que conheceu o menino, mas agora Hope aparece nutrido, forte, feliz e indo para o seu primeiro dia na escola.

Veja também um vídeo do garotinho brincando com um de seus amigos da ONG em que ele vive:

Comente