Jogo aproxima jovens de conhecimentos sobre direitos humanos

Feito pelo Senac e pela Palas Athena, o Diário de Amanhã coopera com a divulgação da Declaração Universal dos Direitos Humanos 

O dinamismo da tecnologia influencia o comportamento de jovens pertencentes a gerações cada vez mais digitais. De acordo com o estudo A Verdade Sobre os Jovens, realizado globalmente pela consultoria McCann em 2016, a geração Z – nascidos entre a década de 1990 e o ano de 2010 – está conectada o tempo todo. A pesquisa também aponta que a igualdade social está entre as principais preocupações dessa faixa etária que não se desliga das redes.

Diante disso, o Diário de Amanhã, desenvolvido pelo Senac e a organização Palas Athena, é um dos recursos didáticos criados justamente para contribuir e atender aos anseios desses jovens.  Trata-se de um jogo virtual que contempla tecnologia a conhecimentos sobre direitos humanos.

A ferramenta estará disponível até o dia 27 de junho, durante o evento Diário de Amanhã em seis unidades: unidades Itaquera, Largo Treze e Vila Prudente, na capital; São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo; Mogi Guaçu, no interior; e Bertioga, no litoral. Todas as atividades são gratuitas e as vagas são limitadas.

A proposta é cooperar para o esclarecimento, a divulgação e o engajamento na defesa dos direitos humanos, a partir de uma ferramenta inovadora, leve e criativa que incentiva a prática de forma natural”, afirma Regina Paulinelli, coordenadora da área de tecnologias sociais e desenvolvimento humano do Senac São Paulo.

A plataforma recebeu a chancela da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que avaliou o jogo e aprovou a qualidade e o alinhamento à visão da entidade.

Para consultar a programação e fazer o download do jogo, acesse https://goo.gl/uJ7hyY.

 

Comente