Fundação Abrinq procura voluntários na área da saúde

Programa “Adotei um Sorriso” é voltado a profissionais que queiram atender crianças e adolescentes beneficiadas por organizações sociais

A Fundação Abrinq está convocando voluntários para o Programa “Adotei um Sorriso”, voltado a oftalmologistas, fonoaudiólogos, médicos pediatras, nutricionistas, psicólogos e dentistas que queiram atender crianças e adolescentes voluntariamente, em seu consultório ou em alguma organização social.

O Programa faz a ponte entre profissionais de saúde e crianças e adolescentes beneficiadas por organizações sociais. Ao participar, os voluntários se comprometem a realizar o atendimento em seu consultório ou nas organizações sociais. No ano passado, cerca de dez mil crianças foram atendidas.

“Considero o Programa Adotei um Sorriso da Fundação Abrinq eficiente, pois a iniciativa proporciona um atendimento digno às crianças com dificuldade em ter a saúde bucal preservada. Para mim, é muito gratificante a participação nesse Programa”, diz Edson Chammas, dentista voluntário.

“O projeto é um dos pilares da Fundação Abrinq e oferece atendimento específico, essencial e de qualidade para milhares de crianças em todo o Brasil. O voluntário é indispensável na missão de melhorar a qualidade de vida das crianças”, ressalta Carlos Tilkian, presidente da Fundação Abrinq.

A Fundação tem a meta de cadastrar 1.000 novos profissionais atuando como voluntários, podendo beneficiar mais de 15.000 crianças em 2017. Os interessados precisam fazer um cadastramento on-line, a partir de 6 de março pelo link:  https://www.fadc.org.br/adotei

 

Comente